Dúvidas | IOFI
Av. Brasil, 422, Centro, Ceres/GO, 76300-000
62 3307 2558
duvidas / Odontologia / Ortodontia e Ortopedia Facial

Ortodontia e Ortopedia Facial

Ortodontia é a especialidade da Odontologia que estuda o crescimento e desenvolvimento da face, bem como o desenvolvimento das dentições decídua (de leite), mista e permanente e seus desvios de normalidade, prevenindo, interceptando e corrigindo as maloclusões.

Obs.: Maloclusão são irregularidades dentárias que impedem os dentes de se relacionarem corretamente.


Em que idade deve ser realizada a primeira consulta ao ortodontista?
Apesar de não existir idade mínima para realizar esta primeira consulta, em geral a época mais oportuna é por volta dos cinco anos de idade, pois nesta fase todas as alterações cabíveis de serem corrigidas através da ortodontia e ortopedia facial não estão comprometidas, isto é, não passaram do tempo. Se houver necessidade de uma intervenção precoce geralmente o clínico geral ou odontopediatra encaminhará o paciente ao ortodontista. Cabe ressaltar que desde recém nascido deve se fazer acompanhamento odontológico, para que os pais recebam as devidas orientações em relação à mamentação, higienização, outras funções!

O clínico geral poderá fazer essa avaliação inicial e encaminhar o paciente se necessário?
Sim. O clínico geral ou o odontopediatra normalmente estão preparados para detectar alguma alteração da normalidade e assim encaminhar o paciente para o especialista, ou seja, para o ortodontista.

Quais os tipos de correções realizadas?
O ortodontista atua desde a prevenção, interceptação à correção da má oclusão, que pode ser desde uma simples manutenção de espaços nos casos de perda prematura de dentes, ortopedia facial, até a correção de casos mais complexos, como os tratamentos ortodônticos associados à cirurgia dos maxilares (Ortognática).


Quando da necessidade de tratamento, quais os benefícios além da estética?
O tratamento ortodôntico tem por objetivo restabelecer a oclusão dentária, isto é, um adequado relacionamento dos dentes de ambos os arcos, fundamental para que se tenha uma correta mastigação e, conseqüentemente, proporcionando uma devida nutrição e saúde bucal. E com o restabelecimento da oclusão outras funções são favorecidas como respiração, deglutição, fala entre outras.

O paciente adulto poderá se submeter ao tratamento?
Sim. Não existe idade máxima para a realização de tratamento ortodôntico. O tratamento no adulto pode necessitar se de cuidados especiais, ser mais lento e limitado, devido à falta de crescimento, problemas periodontais, perdas de elementos dentários e outros. Raros são os casos de contra-indicação. 

Quais são os tipos de aparelhos?
Os aparelhos podem ser divididos em dois grupos: o fixo e o removível. Os aparelhos fixos são unidos aos dentes através de adesivos ou cimentos ortodônticos; são compostos por bráquetes (metálicos ou cerâmicos), tubos e anéis, que suportam o arco metálico responsável pela movimentação dentária. Em geral, permitem movimentos dentários mais refinados e independem da colaboração do paciente. Já os aparelhos removíveis são encaixados na boca e retirados pelo próprio paciente, o que faz do resultado depender da sua colaboração.

Os aparelhos podem ser de finalidades ortodônticas, ou seja, realizarem somente movimentos dentários. Ou finalidades ortopédicas, utilizadas nas correções esqueléticas (ósseas). Mas existem aparelhos que, em casos específicos, são de ambas finalidades. 


Como são os aparelhos ortodônticos estético?
Atualmente existe mais de uma opção de aparelhos estéticos. Assim temos os aparelhos fixos que utilizam acessórios (braquetes) feitos de material que se camuflam com a cor do dente,  como os cerâmicos (ex. braquetes de safira). Os aparelhos da Técnica Lingual cujos acessórios são fixados pelo lado interno dos dentes. E também os aparelhos removíveis totalmente transparentes denominados de Alinhadores, com exemplo o Invisalign.


Quanto tempo demora em média o tratamento?
Quanto ao tempo de tratamento ortodôntico pode ser feita uma previsão, porém este depende de vários fatores, como resposta biológica individual, idade do paciente, tipo de má oclusão, tipo de aparelho utilizado, colaboração do paciente entre outros. Na maioria das vezes, o tempo médio para fase corretiva é em torno de vinte e quatro a trinta meses.

Existe algum risco no tratamento?
Quando o tratamento é bem planejado e executado por profissional qualificado, não há riscos maiores ao paciente, desde que este tenha compromisso e siga todas as instruções recebidas. Por exemplo no aspecto de higiene bucal, os resíduos alimentares quando não removidos podem causar problemas gengivais, periodontais, manchas, ou, mesmo cáries dentárias.

Se os pais possuem mal posicionamento dos dentes, o mesmo pode ocorrer com os filhos?
Sim. A genética, sem dúvida, é um dos principais fatores causais das más oclusões dentárias. Porém, existem outros fatores não menos importantes, como exemplo a respiração bucal, sucção prolongada de dedo, deglutição com interposição lingual entre outras.

É necessário extrair dentes permanentes?
Em alguns casos, a extração de dentes permanentes se faz necessária, principalmente naqueles em que há falta de espaço para a acomodação adequada de todos os dentes no arco dentário. Pois, o resultado do tratamento ortodôntico deve ser um perfil harmonioso, agradável, com lábios contactados, sem esforço muscular e perfeita harmonia dentária. Quando bem indicadas, as extrações não trazem prejuízo algum ao paciente.

Existe a possibilidade de os dentes retornarem à posição original?
Geralmente não. O que pode ocorrer, na maioria das vezes, são acomodações pós-tratamento ligadas ao crescimento e às alterações funcionais. Essas tendências são normalmente bem controladas e minimizadas através de um bom planejamento, da adequada execução da técnica ortodôntica, bem como da utilização correta dos aparelhos de contenção por parte do paciente.

Qual a importância dos dentes de leite? Eles devem ser tratados?
Os dentes de leite ou decíduos são muito importantes para a criança, eles exercem diversas funções. Primeiro eles são muito importantes no que se refere à mastigação. A criança deve ser estimulada a mastigar para que ocorra a perfeita maturação ou desenvolvimento do aparelho mastigatório. Segundo, eles são importantes no que se relaciona a fonação, a criança que perde um dente de leite prematuramente poderá ter dificuldades para pronunciar alguns fonemas ou desenvolverá hábitos nocivos como interposição de língua. Terceiro eles tem função estética. Crianças que perdem algum dente de leite muito cedo, como por exemplo, um dente anterior, muitas vezes elas se tornam motivo de críticas por parte dos colegas e isso poderá acarretar num problema psicológico. É também função importante dos dentes de leite servir de manutenção e guia de erupção para os dentes permanentes. Pois, mantêm o espaço necessário para os dentes permanentes além de servir como guia para a erupção dos mesmos. Criança que perde precocemente um dente de leite terá o espaço reduzido para o dente permanente e  como consequência um mau posicionamento do mesmo. Portanto é fundamental que os pais dispensem a mesma atenção aos dentes de leite e aos dentes permanentes! 


O que é a cirurgia ortognática e que relação ela tem com a ortodontia?
A cirurgia ortognática é uma grande aliada da ortodontia!

Muitas vezes o paciente tem um problema  que vai além do mau posicionamento dentário, isto é, apresenta uma desarmonia ou discrepância entre as bases ósseas, maxila e mandibula. E para correção dos mesmos é necessário um tratamento integrado entre ortodontia e cirurgia.  Dessa forma a ortodontia fará o alinhamento e nivelamento corretos dos elementos dentários e a cirurgia ortognática relacionará adequadamente os ossos da maxila e mandibula entre si. Esse tratamento integrado irá reestabelecer a função mastigatória, permitir uma melhor estética, isto é, o paciente terá funções e estética dental adequadas numa face harmoniosa, recuperando assim a sua auto-estima e sociabilidade. Essa integração abre um leque terapêutico muito grande permitindo criar uma solução para praticamente todos os casos.

É verdade que o aparelho ortodôntico pode estragar os dentes?
Os aparelhos ortodônticos corretamente instalados e o paciente bem orientado não terá problema algum. Cuidados devem ser tomados!. O especialista deve ter o domínio da técnica, utilizar adequadamente os materiais ortodônticos, orientar o paciente sobre os cuidados necessários com o tratamento, no que se refere à higienização, alimentação, proteção entre outros. Por exemplo, o aparelho ortodôntico permite uma retenção de placa bacteriana maior sobre os dentes do que em dentes sem aparelho, portanto os cuidados com a higienizção terão que ser diferenciados, com materiais (escova ortodôntica, fio dental específico, fluorterapia, etc) e técnicas ( técnica de escovação e uso de fio dental ortodôntica) próprias. Portanto e acima de tudo, o paciente deve seguir corretamente as orientações, caso contrário serão em potencial portadores de cáries, doenças periodontais e outros problemas mais.


Posso comer normalmente com aparelho ortodôntico?
O paciente que usa aparelho ortodôntico fixo certamente deve evitar alimentos consistentes (pipocas, castanhas, etc), pegajosos (balas, doces, etc), fibrosos (manga, cana-de-açúcar, etc), pois esses facilitarão a "quebra" do aparelho, dificultarão a higienização. Os alimentos cariogênicos (doces em geral, refrigerantes) e que contenham corantes (coca-cola) deverão ser usados com cautela, isto é,  fazer em breve a higienização conforme a orientação profissional.


O aparelho ortodôntico impede a prática de algum tipo de esporte?
Normalmente não impede a prática de esportes desde que tome os devidos cuidados. Para aparelhos removíveis, muitas vezes,  basta que o paciente retire-o durante o ato esportivo. Ex. Aparelho Extrabucal (AEB) durante a natação, futebol. Para aparelhos fixos em esportes de contato físico como futebol, basquete, judô o paciente deverá usar um protetor bucal semelhante ao utilizado pelos lutadores de boxe. Para esportes individuais como corrida, ciclismo, natação essa proteção não se faz necessária.


Qual tipo de aparelho é melhor, o fixo ou o removível?
O que existe é indicação correta do aparelho. Assim como o domínio do profissional pela técnica empregada.

Muitas vezes o paciente chega a nossa clínica e fala: ‘Doutor eu quero colocar um aparelho móvel’. Ou a mãe fala: ‘Doutor tem que ser aparelho fixo caso contrário ele não vai usar’. É preciso analisar individualmente cada caso e definir as possibilidades para o caso em questão. 


Dentes do ciso devem ser extraídos?
Normalmente as pessoas não possuem o espaço necessário para o correto posicionamento dos dentes do ciso ou terceiros molares nos arcos dentários. Dessa forma faz se necessário as extrações dos mesmos. Porém, se houver espaço e esses dentes estiverem bem posicionados em suas bases ósseas poderão ser mantidos sem nenhum problema.

O que é Ortodontia Lingual?
É a técnica ortodôntica em que o aparelho fixo é colado na face interna dos dentes. Como esta parte do dente fica em contato direto com a língua, é chamada de face lingual. Daí o nome Ortodontia Lingual e Aparelho Ortodôntico Lingual.


Quais as vantagens de se ter o aparelho ortodôntico colado internamente?

  • Estética, pois os acessórios (braquetes) são colados atrás dos dentes (face lingual) ninguém percebe que o paciente está fazendo tratamento ortodôntico;
  • Não projetar os lábios para frente;
  • Os resíduos alimentares durante as refeições não aparecem.

Este aparelho machuca a língua?
Devido a tecnologia refinada dos acessórios, normalmente este aparelho não causa nenhuma lesão aos tecidos bucais. A experiência mostra uma ótima adaptação na maioria dos pacientes.

O que são Alinhadores Estéticos?

São aparelhos removíveis, transparentes à base de acetato. São feitos sob medida, isto é, através da moldagem das arcadas dentárias do próprio paciente, o que faz seu encaixe perfeito. E o tratamento é feito com uma sequência de alinhadores que são trocados periodicamente conforme a evolução do caso.

 

Quais as vantagens desta Técnica, Alinhadores Estéticos?

  • Estética (como o próprio nome diz) - são aparelhos transparentes;
  • confortáveis - sem fios e metais;
  • Removíveis - podem ser removidos para alimentar, higienizar os dentes, para ocasiões especiais;
  • Praticidade - fácil de utilizá-lo e higienizá-lo.

 

Caso tenha alguma outra dúvida ....

 

 

Agende uma Consulta

*Este é um pré agendamento de consulta, em breve nossa equipe de atendimento entrará em contato para efetivar o agendamento.
Av. Brasil, 422, Centro, Ceres/GO, 76300-000 62 3307 2558